Ficha Técnica

32 páginas / 220 x 260 mm
ISBN: 9789898145444 / PVP: 13,90€
1.ª Edição: março 2012

© Rights sold: Italian

Nunca vi uma bicicleta e os patos não me largam

É claro que os pais e a escola querem sempre o melhor para nós. Mas às vezes estão tão preocupados em ensinar-nos tudo-e-mais-alguma-coisa que podem esquecer-se do mais básico e fundamental, como levar-nos a ver uns patos ou ensinar-nos a andar de bicicleta…

Um livro divertido que também serve para perguntar:
O que é mais importante?
Quantas maneiras há de aprender?
Para que serve a escola?

Ficha Técnica

32 páginas / 220 x 260 mm
ISBN: 9789898145444 / PVP: 13,90€
1.ª Edição: março 2012

© Rights sold: Italian

PVP: 13,90€*

12,51
* O preço final inclui 10% de desconto do editor

Prémios e Menções

Aconselhado — Plano Nacional de Leitura

O que se diz

A subtileza do humor e crítica às falácias das supostas “educações” e “sistemas” que nos rodeiam transformam este volume em algo mais do que um livro de prateleira com um título bizarro: é um espelho, panfletário até aos limites do absurdo em que nos tornámos, em que nos tornam e/ou querem tornar (durante quanto tempo mais?).

Paula Pina, blog “Cria cria”

De título improvável e certeiro, este livro propõe uma refelxão sobre os modos de conhecer o mundo. Com ilustrações que remetem para o universo escolar, mas que o desmontam com desvios inesperados, o livro das bicicletas e dos patos é sobretudo sobre a descoberta de como nos sentamos numa bicicleta e perdemos a noção dos travões.

Sara Figueiredo Costa, Jornal Expresso