Autores Breadcrumb Separator Isabel Minhós Martins

Prémios e Menções

  • Nomeação Prémio Latino-americano SM de Literatura Infanto-juvenil 2020
  • Nomeação NSK Neustadt Prize 2019 (EUA)
  • Seleção White Ravens 2018
  • Prémio Deutscher Jugendliteraturpreis 2017 (Alemanha)
  • Prémio Gustav-Heinemann Friedenspreis 2017 (Alemanha)
  • Prémio Andersen (Melhor Livro de Divulgação) 2017 (Dinamarca)
  • Seleção Banco del Libro 2016 (Venezuela)
  • Prémio Sociedade Portuguesa de Autores (Melhor Livro Infanto-Juvenil) 2015

Isabel Minhós Martins

Autora

Nasceu em Lisboa, em 1974, o ano da revolução do 25 de Abril.

Quando era pequena queria ser jornalista, arqueóloga ou pediatra. Não foi nenhuma das três, mas gosta muito do que faz.

“Para mim, escrever é como escavar: encontramos sempre alguma coisa, às vezes minhocas, às vezes água, pedras, raízes, túneis…um sapato perdido.
Gosto de escrever porque quase sempre encontro coisas inesperadas. Gosto de ler pela mesma razão: alguém escavou, escavou, escavou e encontrou alguma coisa que veio mostrar através das palavras.”

Estudou na Faculdade de Belas Artes de Lisboa, trabalhou como criativa na área da comunicação para crianças e, mais tarde, com um grupo de amigos, fundou a editora Planeta Tangerina.

Alguns dos livros que escreveu foram distinguidos por prémios ou instituições ligados ao livro para a infância: Catálogo White Ravens, Prémio Andersen, Banco del Libro, Sociedade Portuguesa de Autores (2015), Gustav-Heinemann Friedenspreis (2017), Deutscher Jugendliteraturpreis (2017).

Muitos dos seus livros estão publicados noutros países (França, Brasil, Coreia, Reino Unido, Itália, Espanha, Holanda…).

Distinções de Imprensa

Sem paternalismos patetas, Isabel Minhós (…) ao fundar a editora Planeta Tangerina, colocou a literatura para a infância no campo em que esta deve estar: o da inteligência surpreendente.

Gonçalo M. Tavares, Expresso, 2019