O nosso site funciona plenamente sem JavaScript mas fica muito mais bonito se o ativar.

Trava-línguas

Dulce de Souza Gonçalves · Madalena Matoso

Manter o carácter universal e além-fronteiras dos trava-línguas, abrindo as portas à troca de experiências sonoras, é uma das grandes intenções deste livro.
Nele se apresentam um conjunto de trava-línguas nas suas línguas originais – português, espanhol, italiano, francês e inglês – dando-nos a conhecer personagens tão divertidas como a “cabra traga trapos”, o “papa papão” ou os talvez menos soletrados “pauvre petit pêcheur” ou “Paquito que empaca copitas”.
O nível de dificuldade não é homogéneo e, para o final, são deixados os exemplares mais difíceis, especialmente dedicados aos linguarudos (ou seja, aos leitores que já dominam bem estas artes). Veja-se este: “Trentatré trentini entrarono a Trento tutti trentratré troterellando”...
Não se julgue, porém, que este é um livro cheio de desafios impossíveis. Muito pelo contrário... Para abordar, atacar e dominar todos estes trava-línguas não é preciso ter um sotaque perfeito, nem é sequer obrigatório compreender o que está a ser dito (se assim for, melhor). O que interessa aqui é saborear os sons, sentir os SSS’s, os P’s e os XXXX’s e dar aos leitores a possibilidade de caminhar por paisagens sonoras que não são habitualmente as suas.
Para além da particularidade de ser um livro multilingue, para meninos e crescidos de todas as idades e nações, este é um livro diferente por outra razão: por ser todo ele, de uma ponta à outra, construído com letras.
Através de um alfabeto criado em carimbos especialmente para este livro, as letras unem-se ou separam-se para formar linhas, manchas e figuras, procurando destacar o mundo sonoro trazido pelos trava-línguas aqui apresentados.

– Finalista 2nd Cj Picture Book Festival, Coreia
– Recomendado por Gulbenkian/Casa da Leitura
– Vencedor Prémios LER Booktailors – Melhor Projeto Gráfico Infanto-Juvenil


Nesta antologia multilingue recupera-se um conjunto vasto de trava-línguas da tradição oral, acompanhados por jogos visuais e gráficos que exploram, também eles, vertentes linguísticas relevantes. (…) Do ponto de vista gráfico, destaque-se o experimentalismo da edição e da técnica, com claras afinidades com uma poesia de tipo visual e concreto, explorando elementos vários do trabalho tipográfico e permitindo diferentes tipos de leituras e associações.
Ana Margarida Ramos, Casa da Leitura, Fundação Gulbenkian

32 páginas · 195 x 220 mm · ISBN: 9789898145055